Passo a passo para você solicitar (e receber) reembolso dos fabricantes

Confira neste artigo dicas importantes para receber reembolso dos fabricantes sem atrasos.

Passo a passo para você solicitar (e receber) reembolso dos fabricantes

15 de fevereiro de 2018

As empresas distribuidoras têm um grande desafio ao realizar ações de Marketing Cooperado: receber os valores investidos! Muitas vezes a verba está liberada, mas a burocracia e a falta de informação impedem que isso seja feito sem grandes problemas e atrasos. Para facilitar esse trâmite, preparamos um passo a passo para reembolso dos fabricantes. Confira:


1 - Faça um planejamento anual


Na maioria dos programas de Marketing Cooperado, as verbas são liberadas logo no início do processo. No entanto, cabe ao distribuidor avaliar as suas necessidades e apresentar ideias e estratégias de utilização dos valores.


Por meio de um planejamento detalhado, você conseguirá montar um cronograma de ações e poderá antecipar algumas demandas, como por exemplo: contratação de terceiros, alocação de funcionários, produção de materiais, entre outros.


Somente com essa organização será viável utilizar com qualidade toda a verba destinada. Isso evita que ao final do ano, com pressa e sem nenhum planejamento, você seja obrigado a realizar inúmeras ações apenas para não perder as verbas, já que elas geralmente expiram anualmente.


2 – Siga as regras do fabricante


A verba liberada pelo fabricante tem um objetivo bem claro: promover o produto/serviço e gerar vendas. Além de atender a esse objetivo, os fabricantes possuem regras para a utilização dos valores e da aplicação da marca. Isso varia de acordo com cada empresa, podendo ser mais ou menos rígido.


É muito importante que você conheça essas regras e alinhe para que não haja atrasos e até negativas de reembolso dos fabricantes. Entre os erros muito comuns estão: aplicação incorreta da marca em materiais de promoção e destinação da verba para fins não aprovados pelo fabricante. Fique atento!


3 - Obedeça as etapas de aprovação


Após organizar a ação de marketing, normalmente os fabricantes solicitam que os distribuidores submetam a alguma aprovação, seja pelo gestor de vendas ou algum profissional de Marketing. Isso para que sejam verificadas as regras da empresa e também da utilização da verba. Sem esse aceite, muitos distribuidores não recebem reembolso dos fabricantes.


4 - De olho no prazo!


Muita atenção com as datas. Há, normalmente, um cronograma bem rígido sobre a realização das ações, e também para que a verba – mesmo se utilizada parcialmente – expire. Outro importante prazo refere-se ao reembolso dos fabricantes. Há empresas que definem uma data limite para a solicitação.


5 - Apresente as evidências


É necessário comprovar a realização das ações de marketing para receber o reembolso dos fabricantes. Cada ação requer uma ou mais evidências específicas, como por exemplo notas fiscais, recibos, listas de presença, fotos, entre outros. Fique atendo para que ao final da ação você tenha todos os documentos em mãos e evite transtornos e retrabalho.


6 - Meça os resultados


Etapa muito importante, mas muitas vezes ignorada pela maioria dos distribuidores: avalie os resultados da ação e apresente para o fabricante.


Quando maior for o engajamento dos distribuidores nas campanhas de verba cooperada dos fabricantes, maior será o repasse e a destinação de verbas. Ambos saem ganhando com isso. O fabricante atinge o seu objetivo, que é distribuir os seus produtos, e você ganha em vendas e lucratividade.


infográfico marketing


 

Postar um comentário